28 março, 2008

Pensamentos de Karl Marx

"Na relação com a mulher, como presa e servidora da luxúria coletiva, expressa-se a infinita degradação na qual o homem existe para si mesmo, pois o segredo desta relação tem sua expressão inequívoca, decisiva, manifesta, desvelada, na relação do homem com a mulher e no modo de conceber a relação imediata, natural e genérica." [ Karl Marx ]

"Os operários não têm pátria. " [ Karl Marx ]

"A propriedade privada tornou-nos tão estúpidos e limitados que um objeto só é nosso quando o possuímos." [ Karl Marx ]

"As idéias dominantes numa época nunca passaram das idéias da classe dominante." [ Karl Marx ]

"A história da sociedade até aos nossos dias é a história da luta de classes." [ Karl Marx ]
"Sem sombra de dúvida, a vontade do capitalista consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divagar acerca da sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites." [ Karl Marx ]

"Do mesmo modo que não podemos julgar um indivíduo pelo que ele pensa de si mesmo, não podemos tampouco julgar estas épocas de revolução pela sua consciência, mas, ao contrário, é necessário explicar esta consciência pelas contradições da vida material, pelo conflito existente entre as forças produtivas e as relações de produção." [ Karl Marx ]

"Tudo o que é sólido se desmancha no ar." [ Karl Marx ]

"O trabalhador só se sente a vontade no seu tempo de folga, porque o seu trabalho não é voluntário, é imposto, é trabalho forçado." [ Karl Marx ]

"O povo que subjuga outro, forja suas próprias cadeias." [ Karl Marx ]

"Os homens fazem a sua própria história, mas não o fazem como querem... a tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos. " [ Karl Marx ]

"Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência." [ Karl Marx ]

"Quanto menos comes, bebes, compras livros, vais ao teatro e ao café, pensas, amas, teorizas, cantas, sofres, praticas esporte, etc., mais economizas e mais cresce o teu capital. «És» menos, mas «tens» mais. Assim, todas as paixões e atividades são tragadas pela cobiça. " [ Karl Marx ]

"O dinheiro é a essência alienada do trabalho e da existência do homem; a essência domina-o e ele adora-a." [ Karl Marx ]

"O caminho do inferno está pavimentado de boas intenções." [ Karl Marx ]

"De cada um, de acordo com suas habilidades, a cada um, de acordo com suas necessidades." [ Karl Marx ]

A taxa de mais-valia dependerá, se todas as outras circunstâncias permanecerem invariáveis, da proporção existente entre a parte da jornada que o operário tem que trabalhar para reproduzir o valor da força de trabalho e o sobretempo ou sobretrabalho realizado para o capitalista.Dependerá, por isso, da proporção em que a jornada de trabalho se prolongue além do tempo durante o qual o operário, com o seu trabalho, se limita a reproduzir o valor de sua força de trabalho ou a repor o seu salário. [ Karl Marx ]

O dinheiro não é apenas um dos objetos da paixão de enriquecer, mas é o próprio objeto dela. Essa paixão é essencialmente auri sacra fames (a maldita ganância do ouro). A paixão de enriquecer, ao contrário da paixão pelas riquezas naturais particulares ou pelos valores de uso tais como o vestuário, as jóias, os rebanhos, etc., só é possível no momento em que a riqueza geral se individualiza numa coisa particular e pode, assim, ser retida sob a forma de uma mercadoria isolada. O dinheiro surge, portanto, como o objeto e a fonte da paixão de enriquecer. No fundo, é o valor de troca como tal e seu crescimento que se convertem em fim em si mesmos. A avareza mantém o tesouro preso, não permitindo ao dinheiro tornar-se meio de circulação, mas a ganância de ouro faz preservar a alma monetária do tesouro em constante tensão como a circulação. [ Karl Marx ]




Nenhum comentário: