16 setembro, 2007

"O Povo Brasileiro: a formação e o sentido do Brasil"

Capa: Hélio de Almeida São Paulo, Editora Companhia das Letras,1995
Edição brasileira (1ª e 2ª): Editora Companhia das Letras, São Paulo, 1995.

Fechando a série de Estudos de Antropologia da Civilização, Darcy Ribeiro concluiu O povo brasileiro em 1995, dois meses após deixar o hospital onde estivera internado para tratamento de um câncer. Preocupado em concluir a série de estudos à qual se dedicara durante tantos anos com a análise antropológica da formação do povo brasileiro, na linha teórica elaborada nos livros anteriores, Darcy Ribeiro dedicou-se em período integral a escrevê-lo, refugiado em sua casa da praia de Maricá, no Rio de Janeiro.

Darcy Ribeiro na introdução de O povo brasileiro diz que este livro é um esforço para contribuir com lucidez na análise de por que o Brasil ainda não deu certo:

"Primeiro, pela análise do processo de gestação étnica que deu nascimento aos núcleos originais que, multiplicados, vieram a formar o povo brasileiro. Depois, pelo estudo das linhas de diversificação que plasmaram os nossos modos regionais de ser. E, finalmente, por via da crítica do sistema institucional, notadamente a propriedade fundiária e o regime de trabalho - no âmbito do qual o povo brasileiro surgiu e cresceu, constrangido e deformado." (Darcy Ribeiro, O povo brasileiro, Ed. Companhia das Letras, 1995, p. 26)

Um comentário:

teteu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.